Brasil

‘Você acredita que a menina é inocente?’, diz padre sobre vítima de estupro, grávida do tio

A declaração do padre Ramiro José Perotto da cidade de Carlinda, em Mato Grosso, causou indignação nas redes sociais nesta quinta-feira (20).

O religioso se referiu a menina, de 10 anos, que foi vítima de estupro pelo próprio tio no Espírito Santo. O caso só ganhou repercussão por conta que a criança precisou passar por um procedimento cirúrgico para interromper uma gestação gerada pelos abusos do familiar.

“Vá defender isso em outro lugar. Você acredita que a menina é inocente? Acredita em Papai Noel também. 6 anos, por 4 anos e não disse nada. Claro tava gostando. Por favor, kkkkk gosta de dar, então assuma as consequências”, disse.

Com a repercussão da declaração nas redes sociais, o padre excluiu sua conta no Facebook e seu perfil no Instagram não está acessível. Por conta do ocorrido, o religioso se pronunciou por meio de nota nesta quinta-feira e pediu desculpas pela fala.

“Não foi minha intenção proferir palavras de baixo calão, as quais não comungam com minha fé e minha crença na pessoa humana. Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão”, disse no comunicado.

“As vezes que não fui, que Deus me perdoe. Lutemos pela vida, ela é dom de Deus”, conclui a nota, sem mencionar a criança que atacou após sofrer a violência.

Em nenhum momento, Ramiro citou a menina que passou pela interrupção da gravidez em Recife, em Pernambuco, mas é natural do Espírito Santo.

Na última terça-feira (18), a polícia conseguiu prender o suspeito do crime, o tio da vítima, em Betim na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Com informações: IstoÉ

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios