Destaque

VÍDEO: Câmera do carro de professor registrou acidente que matou ciclista em Campo Grande

Motorista disse que foi tudo tão rápido, que demorou para perceber

O professor Luiz Fábio Nogueira Lemos, de 47 anos, voltava para a casa na tarde desta segunda-feira (22), quando testemunhou o acidente que matou o ciclista identificado como Laércio Souza, no pontilhão da Avenida Mascarenhas de Morais. A câmera instalada no carro dele registrou o momento quando o semirreboque da carreta bitrem escapou. A vítima foi atingida logo em seguida.

Luiz explica que foi tudo tão rápido que inicialmente nem pareceu ser algo tão sério, até porque estava dirigindo e prestando atenção na sua via. Ele seguiu o percurso e só descobriu a gravidade dos fatos em casa, quando abriu no noticiário.“Eu achei que alguma peça da carreta tinha soltado. Só fui perceber o que aconteceu quando cheguei em casa, soube da notícia e fui checar a imagem da câmera. Foi muito assustador”, conta ele.

O professor lamentou o ocorrido e disse que tem o hábito de instalar câmeras em seus automóveis, como forma de aumentar a segurança. “A gente nunca sabe o que pode acontecer nesse trânsito nosso, por isso deixo a câmera para registrar tudo”, pontuou.

Conforme já noticiado, a vítima seguia pelo pontilhão da Mascarenhas, quando o segundo vagão da carreta bitrem se soltou. O semirreboque atingiu o ciclista e o arrastou por cerca de 20 metros, caindo junto com ele na Avenida Presidente Ernesto Geisel. A vítima morreu no local.

O delegado Guilherme Rocha, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro), conversou com outro ciclista que seguia com Laércio. Ele teria alegado que ouviu um barulho da carreta, mas antes que conseguisse avisar o amigo, o semirreboque soltou. Devem ser interrogados o motorista, o responsável pela empresa em que trabalha o motorista e a testemunha. “Vamos apurar se alguém teve algum tipo de responsabilidade, como soltou esse semirreboque e se tem peça quebrada”, disse.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios