Três Lagoas

SOBREVOO! Crônicas de Marcio Ribeiro: VANUSA!

Internada no Hospital dos Estivadores em Santos-SP, a cantora VANUSA está com Mal de Alzheimer e Pneumonia. A intérprete de “pra nunca mais chorar” e “mudanças” desenvolveu demência.

Para homenageá-la acessei o You Tube em busca de suas músicas e apareceu um vídeo de 2009 referente ao Hino Nacional.

Há 11 anos ela se atrapalhou ao cantar o hino na Assembleia Legislativa de São Paulo. Seria um indício de sua demência? À época, VANUSA disse: “estou tomando remédios e por isso me perdi na letra”. Poucos a compreenderam… E hoje me pergunto se posso cantar o Hino Nacional sem tropeçar nas palavras ou melodia.

A resposta é NÃO! Perco-me no início dos versos e estrofes, mas quando no tranco da música, embalo e desenvolvo. Por isso, será que estou fadado ao Mal de Alzheimer? Quem sabe…

Foi VANUSA (Mulher, Mãe, Batalhadora) quem pediu ao marido cantor Antônio Marcos escolher entre “Eu e suas filhas ou suas cachaças?!”. O compositor de “Como vai você?” nunca mais voltou pra casa. Preferiu a última opção e morreu nos braços da “enteada” de Roberto Carlos (Ana Paula Rossi), em 1992 sem a aprovação do “Rei”.

VANUSA foi e é uma POETA! Ao lado de Mário Campanha compôs “Manhãs de Setembro” e tantos outros sucessos da Jovem Guarda. Coincidência é que no próximo dia 22 de Setembro, início da Primavera, ela completará 73 anos de vida.

Nós a acolhemos, respeitamos e a parabenizamos, VANUSA! Melhoras, PRA NUNCA MAIS CHORAR…

Crônica do servidor público municipal de Três Lagoas Marcio Ribeiro

OBSERVAÇÃO: A Crônica é um tipo de texto narrativo curto, possui também uma “vida curta”, ou seja, as crônicas tratam de acontecimentos corriqueiros do cotidiano que ‘chamam’ para a discussão de assuntos cotidianos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios