Policial

REGIÃO: Criança é hospitalizada por ingestão de crack, mãe foi presa e Polícia procura o pai

Imagem da droga remanescente na casa e que foi apreendida pelos policiais

Uma mulher de 21 anos foi presa na tarde desta quinta-feira (03), após o filho, de 2 anos de idade, dar entrada no hospital de Brasilândia com intoxicação por ingerir acidentalmente uma pedra de crack.

A criança foi socorrida por familiares e deu entrada no hospital com quadro de intoxicação que, graças a rápida intervenção médica, foi estabilizado.

Investigadores de Polícia, sob o comando do Delegado Thiago José Passos da Silva, foram acionados e se deslocaram até o hospital, onde colheram as informações iniciais, indicando que enquanto a mãe preparava o almoço a criança apanhou uma sacola que continha pedras de crack e ingeriu uma delas.

A mãe teria percebido que a criança estava estranha e viu que ela tinha nas mãos o plástico com o qual era embalada a droga.

Diante dessa constatação Policiais Civis e Militares se deslocaram até o reassentamento Novo Porto João André, onde residem os suspeitos, e fizeram uma busca na casa, localizando dois tabletes de maconha e uma pedra de crack no local.

Os policiais verificaram que o local aparentava muita desordem, como se alguém houvesse retirado algumas coisas às pressas do lugar. Além da droga, havia dinheiro trocado e petrechos usualmente empregados na embalagem e preparo da droga para comercialização.

A mãe da criança intoxicada foi autuado em flagrante delito por crime de tráfico de drogas. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do pai da criança, que é considerado fugitivo. A criança foi acolhida pelo Conselho Tutelar local.

Denúncias anônimas podem ser realizadas pelo WhatsApp via telefone 67 999879169. O anonimato é garantido.


Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios