Três Lagoas

Prefeitura de Três Lagoas entra com ação judicial e autuação pelo PROCON contra SANESUL

A Prefeitura de Três Lagoas, após receber a contranotificação da Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul (SANESUL) e submeter à Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (AGEPAN), entendeu que seria adequado mover uma ação civil pública para que a legislação seja cumprida.

O prefeito de Três Lagoas, Angelo Chaves Guerreiro, solicitou ao corpo jurídico da Prefeitura, que redigisse a ação, que já foi protocolada na justiça e aguarda a decisão da juíza responsável.

“A Sanesul precisa cumprir a lei Municipal. Estamos em período de calamidade pública, onde uma das formas de prevenção do Coronavírus é a higienização das mãos. O corte de água é algo que não podemos aceitar agora. A Sanesul precisa fornecer água a todos os moradores”, afirmou o prefeito.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Três Lagoas (PROCON-TL) também realizou uma notificação com auto de infração contra a SANESUL, devido à falta de fornecimento de água.

“A SANESUL está realizando um número grande de corte de água, e não possui equipe para a religação dentro do prazo determinado. Essa é outra falha em que estamos lutando para que não ocorra”, informou Adenaldo Nunes, responsável pelo PROCON.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios