Policial

Polícia Civil de Três Lagoas prende mulheres por tentativa de latrocínio contra idoso

CARRO DO IDOSO PRODUTO DO ROUBO

Na manhã desta sexta-feira (31), policiais civis da 3ª Delegacia  e SIG (Setor de Investigações Gerais), no comando dos delegados Fernando Casati e Aílton Pereira de Freitas deram cumprimento a três mandados de prisão temporária de três suspeitas de ter praticado um crime bárbaro no bairro Santa Rita.

As três mulheres identificadas como A. B. S (43 anos), E.B.F.S (26 anos), V. A. S.B. (27 anos), bolaram um plano para roubar o carro e dinheiro de um idoso que reside nas proximidades de um posto de combustíveis na Rua João Dantas Filgueiras no bairro santa Rita.

CASO – Na madrugada de segunda feira (27/07), por volta das 02h, as suspeitas foram até a residência do idoso, uma invadiu o local e as outras ficaram observando na frente da casa.

O idoso foi amarrado e agredido com golpes de marreta por uma das criminosas, que deixaram o local levando um veículo Fiat Uno prata, certa quantidade em dinheiro e produtos eletrônicos.

Na sequência o veiculo apresentou defeito mecânico nas proximidades do bairro Vila Piloto e foi abandonado por elas.

O idoso foi localizado por familiares na tarde do dia seguinte, todo ensanguentado, no interior da residência. A vítima ainda encontra-se hospitalizada.

A policia civil foi acionada e de imediato e iniciou as investigações que culminaram na identificação das autoras.

O Delegado Fernando Casati representou pela prisão das autoras e as mesmas foram presas.

As suspeitas possuem passagens por crimes de furto e responderão pelo crime de roubo qualificado com pena máxima de 18 anos.

A Polícia Civil solicita que quem tenha informações sobre tráfico de drogas, furtos, posse de armas e outros crimes que faça uma denúncia anônima pelo disque denúncia através dos fones 67 35243224 (também Whatssapp), 67.3929.1173 ou 67-9.9226.8210(WhatsApp). O anonimato é garantido.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios