Destaque

Jovem presta serviços para pessoas em isolamento social em Três Lagoas

UMA MOTO, UMA IDEIA E MUITA VONTADE DE TRABALHAR

O período de pandemia tem transformado vidas em todo o mundo. O vírus chegou e tirou milhares de vagas de emprego de pais e mães de família que precisam se reinventar e buscar alternativas para driblar as dificuldades e conseguir formas de ganhar dinheiro para quitar as contas e levar alimento para suas famílias.

Diariamente recebemos informações de pessoas que perderam o serviço mas imediatamente buscaram alternativas, já ouvimos o relato de um mototáxista que está entregando marmitas no almoço e lanches a noite, uma trabalhadora no comércio que está confeccionando máscaras de proteção contra a Covid-19 e outras histórias que aos poucos vamos publicar para contar estas histórias de heróis e heroínas que não se deixam abater e vão à luta.

Hoje, contamos a trajetória do Gabriel, jovem de 22 anos, pai de família, que trabalhava na função de representante comercial mas, foi demitido devido as dificuldades da empresa com a chegada do maldito vírus.

“Fiquei muito triste, chorei pois era um serviço que preenchia todo o dia, eu estava a mais de ano conversando com pessoas diferentes, atendendo da melhor forma possível, mas, meus patrões foram sufocados com o Coronavírus e, para garantir o emprego dos trabalhadores mais antigos eu e outros mais novos fomos dispensados. Meu patrão chorou ao comunicar minha demissão, mas vida que segue, peguei meus direitos e comprei uma moto, faço entregas durante a noite e faço pequenos serviços para pessoas que estão em isolamento social, durante o dia”, disse o jovem três-lagoense.

Entramos em contato com alguns clientes que ele já conquistou, na maioria são idosos que preferem não  arriscar a saúde nas ruas. Veja alguns depoimentos:

“O Gabriel faz tudo pra mim, ele vai pagar as contas, vai na farmácia, vai no mercado, ele é muito educado e atencioso, tudo que eu preciso eu ligo pra ele e ele vem na hora”, disse um morador no bairro Jardim Alvorada.

“Uma amiga me passou o telefone dele, fiquei meio com medo na primeira vez, passei um dinheiro e uma lista de compras e pedi para ele ir no mercado Proença que é onde eu compro, lá do mercado ele mandou foto das verduras para mim ver… Hoje não sei o que faço sem ele… Qualquer coisinha eu já chamo”, relatou uma senhora que mora na área central.

“Ele é muito educado e de muita confiança, eu recomendo e, ele cobra baratinho” palavras de uma idosa residente na Vila Piloto.

Segundo informações do jovem Gabriel, ele cobra R$ 10,00 (dez reais) por serviço e está sempre pronto para atender. “Eu estou conseguindo me manter dignamente com estes pequenos serviços e agradeço a atenção e preferência de todos. Muito obrigado.”

O telefone de contato dele é (67) 9 9365-0929.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios