Policial

ESTADO: Mulher é mantida em cárcere por 7 dias, agredida e estuprada pelo namorado

Ele foi preso em flagrante após ela conseguir pedir socorro para a irmã

Na manhã de domingo (12), homem de 32 anos foi preso em flagrante na região do Coophatrabalho, em Campo Grande. Ele é acusado de manter a namorada de 31 anos em cárcere privado por uma semana, além de agredir e estuprar a vítima.

Segundo as informações registradas pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), o casal namorou por aproximadamente 9 meses e há 2 começou a morar junto. Depois de ficar uma semana sem notícias da irmã gêmea, mulher de 31 anos recebeu uma mensagem da vítima, pedindo socorro.

Conforme a testemunha, a irmã ficou uma semana sem entrar em contato com a família e também faltou ao serviço. Na manhã de domingo, ela recebeu a mensagem da vítima pelo Instagram, pedindo socorro e contando que era mantida em cárcere e ainda ameaçada de morte.

Foi assim que ela acionou a Guarda Civil Municipal e foi até a casa onde a vítima e o autor estavam. Ele acabou preso em flagrante por cárcere privado, lesão corporal dolosa, injúria e ameaça, crimes qualificados pela violência doméstica.

Já na delegacia, a vítima contou que há aproximadamente uma semana passou a ser mantida trancada na casa, sem comunicação. Neste período foi agredida, ameaçada de morte e estuprada pelo namorado. Foi então que naquela manhã de domingo ela aproveitou enquanto ele dormia, pegou o celular e conseguiu mandar a mensagem para a irmã.

Mesmo assim, quando acordou ele viu a mensagem e novamente agrediu a vítima. Aproximadamente meia hora depois, a equipe da Guarda chegou na casa e fez a prisão e o socorro da vítima.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios