Policial

ESTADO: Estuprada e agredida por 20 anos, mulher era mantida presa em casa pelo marido

Um homem de 35 anos de idade foi preso por policiais da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Aquidauana, a 143 quilômetros de Campo Grande, acusado de estuprar, bater e ainda manter a esposa de 39 anos presa dentro de casa. As agressões ocorriam há cerca de 20 anos.

De acordo com as informações da Polícia Civil, no dia 25 de fevereiro deste ano, a filha da vítima acionou a polícia pedindo ajuda para a mãe que estava morando em uma fazenda, distante cerca de 150 quilômetros da cidade. Segundo o relato dessa filha, a mãe estava sofrendo constantes agressões físicas e psicológicas, sem poder sair de casa.

A polícia então se preparou para realizar diligências na fazenda, na qual é possível acesso apenas com veículo 4×4, quando a vítima convenceu o suspeito de levá-la para a cidade, com o intuito de fazer compras. Já em Aquidauana, a mulher foi até a delegacia de polícia, onde registrou boletim de ocorrência.

Na DAM, a vítima afirmou sofrer violências físicas e psicológicas por mais de 20 anos, quando então decidiu acionar a polícia e solicitou medidas protetivas. A mulher foi encaminhada para Campo Grande com os filhos, onde reside a mãe e irmãos.

No dia seguinte, o suspeito pelas agressões foi até a delegacia acompanhado do filho de 17 anos de idade, momento em que recebeu voz de prisão por coação no curso do processo. Ele estava coagindo o adolescente a depor em seu favor. No entanto, foi liberado mediante pagamento de fiança imposta pela Justiça.

No dia 10 de junho, a polícia recebeu uma mensagem da vítima pedindo socorro, após o autor enviar áudios a ameaçando. Nas mensagens ele dizia que estava indo no trabalho da vítima ou ponto de ônibus para matá-la. Após isso, a DAM de Aquidauana contactou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) em Campo Grande e a juíza de Direito da Vara de Violência doméstica, sendo que foi decretada a prisão do autor.

Na segunda-feira (15) pela manhã, policiais localizaram e prenderam o acusado, que seguia em um veículo pelas ruas de Aquidauana. Ele foi indiciado por lesão corporal dolosa, estupro, injúria, ameaça, coação no curso do processo e descumprimento de medidas protetivas por duas vezes. O homem foi levado para o Estabelecimento Penal.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios