Brasil

Deputado chama Ministro Alexandre de Moraes de “esgoto do STF”

O deputado bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ), investigado pelo Supremo Tribunal Federal no Inquérito que apura atos pró-ditadura, publicou um vídeo em suas redes sociais atacando o ministro do STF Alexandre de Moraes.

Além do inquérito dos atos antidemocráticos, Moraes é relator do inquérito das fake news, que no mês passado determinou a prisão de Sara Winter e mais 5 organizadores do grupo autodenominado 300 do Brasil.

Nesta semana, o ministro liberou o jornalista Oswaldo Eustáquio, investigado no inquérito e o proibiu de manter contato com outros investigados, de utilizar as redes sociais e de se aproximar da praça dos três poderes.

No vídeo, publicado nesta segunda-feira (7), o deputado utiliza a Hashtag “#MoraesNaoVaiMeCalar” e afirma que Alexandre de Moraes ao proibir Eustáquio de utilizar as redes sociais, o proíbe de “ganhar o seu pão de cada dia”.

Em seguida, ele acusa o ministro de tirania e de passar por cima das leis. O deputado afirma que o ministro perde o respeito da população e se refere a autoridade do STF como: “cabeça de ovo”, “cabeça de piroca”.

As ofensas contra Alexandre de Moraes não param por aí, já exaltado, Otoni de Paula afirma que o ministro “é a latrina da sociedade brasileira” e “esgoto do STF”. Aos gritos, afirma que o ministro não merece respeito e ameaça derrubá-lo com um processo de impeachment.

Com informações: Congresso em Foco

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios