Brasil

Defesa de Lula pede acesso a diálogos entre Lava Jato e FBI

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediram ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acesso às mensagens trocadas entre procuradores de Curitiba e agentes do Departamento Federal de Investigação (FBI) norte-americano, sobre a investigação referente ao apartamento no Guarujá.

A solicitação foi feita no curso do processo que analisa a suspeição de integrantes do Ministério Público Federal no Paraná, e que tramita no STF desde agosto de 2019.

O pedido foi protocolado na noite de quarta-feira (1º/7), após a divulgação, por parte dos sites The Intercept Brasil e Agência Pública, de novas trocas de mensagens entre os procuradores da Lava Jato com o órgão de investigação dos Estados Unidos.

A solicitação se restringe às conversas realizadas em aparelhos estatais e que dizem respeitos aos atos funcionais praticados pelos procuradores no processo contra Lula.

As mensagens foram adquiridas no âmbito da Operação Spoofing e estão com o ministro Alexandre de Moraes, relator do Inquérito das Fake News.

Para a defesa, o Estado não pode “impor sigilo a elementos que estão à sua disposição e que podem comprovar a inocência do jurisdicionado ou a nulidade do processo ao qual este último foi submetido.

Com informações: Metrópoles

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios