Três Lagoas

Comitê se reúne e coloca em pauta o atendimento na Caixa Econômica Federal em Três Lagoas

Considerando o aumento nos números de casos de contaminados pelo Coronavírus e os óbitos contabilizados nos últimos dias em Três Lagoas pela doença, o Comitê de Prevenção e Enfrentamento à COVID-19 se reuniu nesta quinta-feira (06) para definir o posicionamento para os próximos dias em Três Lagoas.

Durante a reunião foram discutidas medidas que podem auxiliar na diminuição das filas em frente à agência da Caixa Econômica Federal por conta do auxílio emergencial. Os presentes na reunião buscaram soluções junto à Prefeitura para melhorarem o serviço que vem sendo realizado.

O coordenador da Defesa Civil, Paulo Leite Menezes, que tem auxiliado no trabalho de entrega de senhas explicou sobre os horários e como é feito o trabalho. “As senhas são entregues sempre no dia anterior, com o início às 5h, o que possibilita o atendimento das 300 pessoas em pouco tempo e antes mesmo da abertura da agência, não causando uma aglomeração dos que serão atendidos e dos que estão retirando a senha”, afirmou.

O gerente da agência central da Caixa Econômica, Thiago Medeiros, informou que o atendimento possível para a retirada do auxílio emergencial diariamente é de 300 pessoas. “Estamos trabalhando com as senhas para que não haja tumulto e transtorno ao cidadão”, comentou.

As regras dos últimos decretos foram mantidas, não havendo alteração nos pedidos realizados à organização.

As decisões sempre são tomadas pelos representantes do Comitê, que fazem parte da sociedade civil organizada sendo: Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria Municipal de Assistência Social, da diretoria de comunicação da Prefeitura, da Câmara Municipal, Ministério Público Estadual; Procuradoria do Ministério Público do Trabalho; Conselho Municipal de Saúde; da 2ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS); da Defensoria Pública; do Hospital Auxiliadora; do Hospital CASSEMS; do Sindicato do Comércio Varejista de Três Lagoas – SINDIVAREJO; da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas – ACITL e do Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas; além destes, que fazem parte pelo Decreto Muncipal, o Comitê também é formado por outros representantes de interesse social, como o Conselho de Pastores e o Sindicato Rural, por exemplo.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios