Brasil

BRASIL: Trabalhador morre em supermercado e corpo é deixado no local

Enquanto trabalhava em um supermercado Carrefour no Recife, um funcionário morreu e teve seu corpo deixado no local, cercado de guarda-sóis, engradados de cerveja e tapumes improvisados, enquanto o estabelecimento funcionava normalmente.

Ele atuava como representante de vendas de uma empresa de alimentos fornecedora e não era funcionário do Carrefour, mas estava no local a trabalho.

Em entrevista ao G1, o representante de vendas Renato Barbosa disse que a empresa ficou esperando pela chegada do IML (Instituto Médico Legal). “O homem tinha 53 anos e trabalhava como representante de uma empresa de alimentos. Ele morreu, parece que de um mal súbito, e o corpo ficou lá das 7h30 até as 11h. Ficaram esperando a chegada do IML”, afirmou.

Segundo Barbosa, o supermercado estava cheio no momento em que o cadáver ficou coberto e isolado no corredor. “Dava para ver o corpo e as pessoas comentaram”, contou.

Nas redes sociais, internautas começaram a compartilhar imagens da cena, e textos contrários à atitude da empresa em ter deixado o corpo no local enquanto tudo funcionava normalmente.

Pelo Twitter, o Carrefour tem respondido alguns desses internautas.

“O falecimento do Sr. Moisés, vítima de um infarto, foi um triste e inesperado acontecimento para nós. Mudamos o protocolo e, a partir de agora, fecharemos às lojas em casos como esse. Estamos à disposição para apoiar a família neste momento”, respondeu o Twitter oficial do Carrefour a um dos internautas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios