Região

34ª morte por coronavírus é confirmada e Dourados terá prisão para quem não usar máscara

Prefeitura também informou que não permitirá aglomerações dentro das casas

A Prefeitura de Dourados informou ter registrado mais uma morte por Covid-19 (coronavírus). O óbito foi divulgado no final da manhã desta segunda-feira (15), em transmissão ao vivo pelo Facebook.

O assessor especial da prefeitura, Alexandre Mantovani, disse que o primeiro teste do paciente havia dado positivo, mas que esperava, ainda, a contraprova. “Contabilizamos todos os óbitos, inclusive os que ainda aguardam confirmação [para Covid-19]”, detalhou.

Conforme Mantovani, foram dois óbitos registrados nas últimas 24 horas no município – uma morte por Covid-19 já foi repassada para a Secretaria Estadual de Saúde. “Em um deles, um cidadão de Dourados estava internado e outro era de outra cidade e estava internado em Dourados”, informou.

Com esta confirmação, sobe para seis o número de mortes registradas na cidade de Dourados. Ontem, foi informada a morte de uma mulher de 81 anos que sofria de hipertensão.

Uso de máscaras

Com 59 novos casos e quatro mortes nos últimos quatro dias, a prefeitura publicou no Diário Oficial desta segunda-feira decreto obrigando o uso de máscaras nas ruas e em estabelecimentos comerciais. Então, a pena para quem descumprir essa determinação é de multa e prisão.

Outra medida imposta aos cidadãos de Dourados é a proibição de aglomeração, inclusive dentro de residências. Conforme o texto, considera-se aglomeração “quando houver reunião com número maior de pessoas do que os residentes no local”. A pena prevista para quem for flagrado infringindo a regra é multa e prisão.

Além disso, a publicação determina a suspensão da abertura de igrejas e templos religiosos – que estava liberada na cidade mediante regras de isolamento e uso de máscaras.

Consta ainda nas regras que “as academias ficam limitadas obrigatoriamente a lotação de 30% capacidade do recinto e os hotéis deverão funcionar com até 50% da sua capacidade de público”.

Barreiras sanitárias

Dourados conta com uma barreira sanitária instalada na saída para Itaporã. Para reforçar a fiscalização da entrada e saída de pessoas com sintomas, a prefeitura irá ampliar o número para três ainda esta semana.

A primeira, segundo Mantovani, será nesta terça-feira (16). Assim, as demais entrarão em funcionamento no decorrer da semana. Elas funcionarão na Rua Hayel Bon Faker, próximo ao Trevo da Bandeira; na Avenida Guaicurus e na Avenida Marcelino Pires, região do Monumento ao Colono. “A barreira tem funcionado muito bem, com média de 2 mil pessoas [abordadas] por dia”, declarou Mantovani.

Lockdown

Representante da prefeita Délia Razuk (PTB), Mantovani disse que Dourados não terá lockdown. “É uma medida mais radical. É uma medida de fechamento ordenado e de fechamento e bloqueio geral”, esclareceu.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios