Brasil

31 anos da morte de Raul Seixas… Nossa homenagem em vídeo

Maluco Beleza foi encontrado morto, em sua cama, em 21 de agosto de 1989

Hoje (21) marca uma data especial para os milhares de fãs de Raul Seixas em todo o mundo. O dia marca os 31 anos da morte do cantor, considerado o pai do rock brasileiro.

Em 21 de agosto de 1989, o Maluco Beleza deixava este plano, vítima de um ataque cardíaco.

Mas, por mais incrível que possa parecer, mesmo depois de 31 anos, o número de fãs de Raul só cresce. Nascido em Salvador (BA) em 28 de junho de 1945.

Começou a carreira nos anos 60, mais precisamente em 1968, quando lançou o disco Raulzito e os Panteras, junatamente com a banda com quem se apresentava na capital baiana.

Fortemente influenciados por Elvis Presley, Little Richard e outros grandes nomes do rock da época, eles foram para o Rio de Janeiro, tentar a sorte. Mas as coisas acabaram não acontecendo como esperavam.

Raul voltou para o Rio de Janeiro e conheceu os cantores Jerry Adriani e Leno, da dupla Leno e Lílian. Em 1971, lançou o disco Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10.

O auge mesmo acontece dois anos depois, quando ele lança aquele que é considerado seu primeiro álbum solo, Krig-ha, Bandolo!. O trabalho tem quatro músicas que se tornariam grandes sucessos: ‘Ouro de Tolo’, ‘Metamorfose Ambulante, ‘Mosca na Sopa’ e ‘Al Capone.’

Exilado aos Estados Unidos pela ditadura militar – ele, aliás, era um dos cantores mais perseguidos pelos militares no Brasil -, juntamente com o parceiro Paulo Coelho, grava Gita (1974) e com o sucesso, volta ao Brasil. No ano seguinte, novo sucesso, com Tente Outra Vez, no disco Novo Aeon.

Morte – Encontrado morto em sua cama, o corpo de Raul foi velado no Palácio de Convenções do Anhembi, em São Paulo. E como não poderia ser diferente, até na hora da morte o cantor passou por polêmicas. Seu velório teve de tudo, de centenas de covers, cantoria, gritos, rezas e tentativa de roubo do caixão. Ele foi sepultado em Salvador, sua cidade natal.

Nossa homenagem ao Maluco Beleza com o clipe da música “O dia em que a terra parou”

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios