DestaquePolicial

ESTADO: Detento é morto com mais de 10 tiros em frente de presídio nesta segunda-feira

Um detento identificado como Juliano Pereira foi assassinado com pelo menos mais de 10 tiros em frente ao Presídio da Gameleira em Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (30). Ele foi morto no estacionamento do estabelecimento penal. Juliano teria sido executado com aproximadamente 14 tiros de pistola 9mm.

A execução aconteceu por volta das 6 horas da manhã desta segunda (30), e informações preliminares são de que foram ouvidos mais de 10 tiros no local. A polícia militar já teria encontrado várias cápsulas. Ainda não se sabe os motivos para a execução. Ele seria sobrinho de Jorge Rafaat, que foi executado com tiros de metralhadora em junho de 2016, na fronteira.

Juliano teria mandado assassinar a ex-mulher e a cunhada em 2017, no Paraguai depois de descobrir que estariam envolvidas com membros de uma facção criminosa. As vítimas foram encontradas decapitadas e carbonizadas em uma camionete.

Segundo a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Juliano cumpria pena de 22 anos por homicídio, roubo e tráfico de drogas.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios