Três Lagoas

SIG esclarece roubos em estabelecimentos comerciais de Três Lagoas

A Polícia Civil de Três Lagoas, através do SIG (Setor de Investigações Gerais), no comando do Delegado Ailton Pereira de Freitas, mediante investigações, identificou autoria de dois crimes de roubos a estabelecimentos comerciais ocorridos no início do ano.

OS CRIMES: No dia 1º de janeiro, dois indivíduos, simulando estarem armados, por volta das 22:40 horas, foram até uma farmácia localizada no cruzamento da Avenida Eloy Chaves e Rua Eurídice Chagas Cruz, na região do bairro Lapa, abordaram o balconista e a caixa, ameaçando-os de morte, ocasião em que subtraíram um aparelho celular e R$ 800,00 (oitocentos reais) em moeda corrente.

Em seguida fugiram tomando rumo ignorado. A ação criminosa foi registrada pelo sistema de monitoramento do comércio.

No dia 04 de janeiro, por volta das 01:00 hora da madrugada, a mesma dupla se dirigiu a um Hotel localizado na Avenida Júlio Ferreira Xavier (antiga Ponta Porã), no bairro Sete Sul, onde novamente simulando estarem armados, renderam o atendente, colocando-o numa sala e dali subtraíram um aparelho notebook e bebidas, fugindo também em seguida, mas novamente foram flagrados pelo sistema de monitoramento do local.

Durante as diligencias, os policiais conseguiram identificar os autores, sendo eles: E.M.N, 47 anos, e F.O., vulgo “CIGANO”, 41 anos, os quais relataram que são usuários de crack e que para conseguirem dinheiro e satisfazer o vício, passaram a andar pela cidade, num veículo Citroen C4, cor prata, quando então escolhiam os locais a serem atacados e o dinheiro que conseguiram, utilizaram para compra de entorpecentes.

O aparelho notebook foi recuperado e devolvido ao hotel. Os investigados foram ouvidos e depois liberados para responderem perante a justiça, haja vista que não foram presos em flagrante.

Denúncias poderão ser realizadas através dos telefones 67.3929.1173 ou 67-9.9226.8210(WhatsApp).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios