BrasilPolicial

Após 20 dias, Lázaro é preso, segundo governador de Goiás

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, afirmou na manhã desta segunda-feira (28) que o foragido Lázaro Barboza foi preso. A publicação foi feita nas redes sociais de Caiado.

“Acabo de receber uma informação de todas as forças de segurança que estão ali na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso. Cumprimentar a todos aqueles que estão ali há vários dias trocando informações e chegando a esse resultado final, com a prisão do Lázaro”, afirmou o governador de Goiás.

O homem que ficou conhecido como serial killer do Distrito Federal foi finalmente capturado após 20 dias em fuga na zona rural de Goiás. Lázaro, de 32 anos, é apontado como responsável pela morte de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia, na região administrativa do Distrito Federal.

A busca pelo acusado mobilizou centenas de policiais lotados no Distrito Federal e em Goiás.

Durante a fuga, a polícia disse que o acusado circulou por áreas rurais com habilidade, agindo sempre da mesma maneira: armado, invadindo fazendas para se alimentar, beber e descansar, obrigando os moradores a cozinhar para ele.

Em duas semanas, ele matou pelo menos quatro pessoas, baleou outras três e fez reféns em chácaras. No passado, além dos crimes na Bahia, se envolveu com agressões em Goiás, roubos e estupros em Brasília.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios