DestaquePolicialRegião

Agente de saúde amigo da família usava jogos para estuprar criança de 12 anos em MS

O pai de uma menina de 12 anos acabou descobrindo que o amigo, um agente de saúde de 36 anos, estava estuprando a filha quando a esposa do suspeito flagrou o marido cometendo o crime, que a adolescente disse que já havia cometido em outras vezes. O agente de saúde usava jogos de perguntas e respostas para estuprar a criança.

Na denúncia feita contra o agente, a menina relatou que o autor por diversas vezes em janeiro de 2020 praticou atos libidinosos com ela. Segundo o apurado, a vítima estava com o agente de saúde na sala da residência dele, cada um em um sofá, quando ele fez uma pergunta, ela errou e como ‘punição’, ele ordenou que ela tirasse a blusa. 

A menina estava morando na casa do agente de saúde que era amigo de seu pai, na região oeste do Estado. O agente propunha brincadeiras de ‘perguntas e respostas’ com a vítima. Sempre que errava, a criança era obrigada a retirar a roupa.

De acordo com a denúncia, o homem também teria tentado passar as mãos no corpo da menina, que impedia a aproximação. A descoberta do crime aconteceu quando a esposa do acusado flagrou o marido passando as mãos na criança.

O pai da garota que estava na casa, pegou a filha e foi embora. Ao ser descoberto, o suspeito pedia para o pai da vítima ‘agredi-lo ou matá-lo’. Foi tentada a absolvição sumária pela defesa, mas o julgamento foi marcado para junho deste ano.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios