Brasil

Simone Tebet perde apoio do próprio partido e lança candidatura independente à presidência do Senado

A Senadora Simone Tebet (MDB-MS) em coletiva no final da tarde desta quinta-feira (28), anunciou que agora é candidata independente à presidência do Senado. Ela perdeu o apoio do próprio partido, que decidiu se aliar ao adversário, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Segundo informações, o líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), admitiu que não há unidade na bancada do partido em torno do nome de Simone. A legenda tem 15 parlamentares, maior representação na Casa.

Os articuladores da campanha do adversário de Simone ofereceram ao MDB a primeira vice-presidência em troca de apoio ao democrata.

“Passo a ser candidata independente. Gostaria de agradecer o líder da minha bancada, senador Eduardo Braga, que esteve comigo até o último minuto tentando construir minha candidatura dentro do partido e já declarou seu voto a mim”, declarou Simone Tebet.

“Não me considero candidata avulsa. Represento um grupo de senadores que contam comigo, e o compromisso desse grupo é com a independência do Senado. Nossa campanha começa agora novamente”, afirmou.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios