DestaquePolicial

BRASIL: Funcionário de 19 anos é morto por assaltante em supermercado. Cenas fortes

Um jovem de 19 anos morreu em um assalto a noite de terça-feira (22) no Bairro Tupi A, na Região Norte de Belo Horizonte. Ele trabalhava no caixa de um supermercado quando foi baleado por um criminoso. Três suspeitos foram presos, um deles um menor de idade que teria se envolvido no crime para ganhar um revólver. 

O crime ocorreu pouco antes das 20h30 em um estabelecimento na Rua Lúcia Miguel Pereira. Segundo a Polícia Militar (PM), imagens das câmeras de segurança do estabelecimento, exibidas pelo proprietário aos policiais, flagraram a ação e mostram o momento em que dois homens, usando máscaras, boné e chapéu, entraram no supermercado se passando por clientes. 

Imagens fortes: vídeo mostra o momento do assalto

Ao chegar ao caixa onde a vítima estava, eles anunciam o assalto. De acordo com a PM, o rapaz parecia ter dificuldades para abrir a gaveta do dinheiro. Ele foi baleado pelo assaltante mesmo sem ter esboçado qualquer reação.

Quando o funcionário cai, ele recolhe o dinheiro do caixa e foge. O comparsa também escapa levando uma sacola com garrafas de bebida do estabelecimento. 

Quando a PM chegou ao supermercado, encontrou o rapaz atingido por um tiro no tórax e ainda com sinais vitais. Ele foi levado ao Hospital Risoleta Neves, na Região de Venda Nova, e conduzido ao bloco cirúrgico. Mas acabou morrendo. 

Informações dão conta de que ele havia começado a trabalhar no supermercado há poucos dias, e era o primeiro emprego dele com carteira assinada. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – GARANTA SEU BOLÃO PELO TELEFONE (WHATSAPP) 67 9 9988-1885

De posse das características dos assaltantes, os policiais começaram um rastreamento que os levou ao Bairro Jardim Atlântico, na Pampulha. No bairro fica a casa do suposto comparsa da dupla, que poderia ter ajudado na fuga. A casa foi cercada pela polícia.

Militares conseguiram entrar por um buraco em um muro. Os homens que estavam lá correram, mas não havia saída. A mãe do suspeito de envolvimento no caso autorizou a entrada dos policiais. 

Um adolescente de 17 anos, que seria o que fugiu com as garrafas de bebidas, foi encontrado atrás de um armário. De acordo com a PM, de imediato ele confirmou participação no crime e disse que o responsável pelo disparo era outro, de 18 anos.

Na calça do menor um policial recolheu R$ 60 reais, que ele disse ser produto do roubo. O restante do dinheiro teria sido usado para pagar uma corrida de aplicativo na fuga e para comprar drogas.

Ao ser abordado, o suspeito de atirar no caixa do supermercado confessou participação no crime, segundo os policiais, mas permaneceu em silêncio ao ser perguntando se havia atirado no jovem. Ainda de acordo com a PM, durante o registro da ocorrência ele passou a negar envolvimento no crime. 

As roupas usadas pelos assaltantes, identificadas no vídeo, também foram apreendidas pela polícia nessa casa. O morador, de 29 anos, disse que só ajudou os dois a se esconder, mas não participou do crime.

Ele levou os policiais a uma casa próxima, onde estava escondido um revólver calibre 32.

Com informações: EM

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios