BRASIL: Assistente de arbitragem morre durante partida de futebol

Uma assistente de arbitragem morreu na tarde deste sábado (23), enquanto atuava em uma partida de futebol pelo Campeonato Municipal de Tapiramutá, cidade que fica na Chapada Diamantina.

Sueli Ferreira da Silva, de 40 anos, trabalhava como “bandeirinha”, quando se sentiu mal aos 11 minutos do primeiro tempo, e pediu ao juiz que parasse o jogo. Ela foi amparada inicialmente pelos jogadores e depois foi levada por profissionais de saúde para o Hospital Municipal Doutor José Nery.

A partida seguiu, entretanto, no intervalo entre o primeiro e o segundo tempo, os atletas receberam a informação da morte da assistente de árbitro e o jogo, que estava empatado em 1 a 1, foi suspenso.

A suspeita é que Sueli tenha sofrido um infarto. Sueli atuava em jogos amadores e disputas de várzea no interior, e se tornou conhecida por ser uma das poucas mulheres a trabalhar com arbitragem pela Federação Baiana de Futebol.

A prefeitura de Tapiramutá emitiu nota e pesar e lamentou a morte da árbitra assistente, que também era professora.

Com informações: G1

Receba Informações na Palma da Sua Mão