ESTADO: Motoentregador acidentado cria vaquinha para pagar aluguel e sustentar 4 filhos

Sem trabalhar há quase 30 dias devido a um acidente, o motoentregador Eike Manole Gonçalves Gadir, 31 anos, está em desespero para conseguir sustentar a esposa e quatro filhos, em Campo Grande.

Com pinos na perna e fêmur quebrado, ele criou uma vaquinha para conseguir segurar as contas da casa até passar pelo INSS.

A dificuldade da família começou no dia 25 de agosto, quando o entregador sofreu um acidente enquanto fazia uma entrega na região do Monte Castelo.

Enquanto estava ferido aguardando socorro, Eike viu pessoas levarem celular, máquina de cartão, dinheiro e até lanche da entrega.

O trabalhador foi socorrido até a Santa Casa e constatou fratura do fêmur e no pé direito onde precisou colocar pinos.

Na cadeira de rodas, Eike aguarda a perícia do INSS que está agendada para novembro. Como ele era o único empregado em casa, as contas venceram, aluguel atrasou e o pai de 4 filhos se viu desesperado.

“Minha esposa não trabalha, pois precisa cuidar dos nossos filhos de 11, 9, 8 e 2 anos. Eu sempre sustentei a casa, as contas e me vejo nessa situação. Preciso de ajuda, só não passamos necessidade, pois os vizinhos, meu pai e avó da minha esposa ajudou com alimentos”, conta.

Além do aluguel de R$ 850, o homem atrasou contas de água, luz, internet, e decidiu criar uma vaquinha virtual.

“Estou afastado por 180 dias, sou trabalhador, se estou aqui é porque estou precisando, quem puder ajudar com a vaquinha, tudo é muito bem-vindo”, disse ele.

Interessados em ajuda, podem realizar as doações aqui.

Com informações: Topmidianews

Receba Informações na Palma da Sua Mão