Novos desdobramentos sobre suposto sequestro de criança de 10 anos em Três Lagoas

Na última segunda feira, no período noturno, dia 28/08, foi registrado Boletim de Ocorrência na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Três Lagoas (DEPAC) de sequestro envolvendo uma criança de 10 (dez) anos que saia da escola, no Bairro São Carlos.

As investigações iniciaram-se no mesmo dia, ocasião em que foi tomado o depoimento da genitora da criança e a menina foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Médico e Odontológico Legal (IMOL) da cidade.

No dia seguinte, as equipes de investigadores iniciaram diligências com vistas à obtenção de filmagens da redondeza e para traçar o caminho percorrido pela criança, quando de sua fuga, assim como do autor, que, segundo relatos, dirigia uma caminhonete preta.

Foi identificada, a partir de filmagens, de uma caminhonete preta passando pelas redondezas, quando então a investigação foi direcionada a ela, uma vez que condizia com o relato da vítima. Essa caminhonete, no mesmo dia, foi identificada, assim como seu condutor e outro homem que conversou com este no dia.

No entanto, nenhum desses homens foi reconhecido pela vítima e a polícia descarta, nesse momento, a participação deles no crime.

Além disso, a partir da análise das filmagens das câmeras de segurança das redondezas, verificou-se a existência de indícios que o crime, na realidade, não ocorreu, uma vez que a criança aparece nas filmagens em horário que, em tese, estaria sequestrada, assim como caminhando tranquilamente e olhando os comércios da região.

As investigações continuam aguardando-se a análise de outras câmeras de segurança e também da vinda do exame de corpo de delito.

Receba Informações na Palma da Sua Mão