ESTADO: Assaltantes mortos por PM aposentado em Hilux eram paraguaios e tinham 23 anos

Ladrões foram identificados como Edilson e Junior. (Foto: Reprodução) 

A Polícia Civil identificou os assaltantes mortos na tarde desta quarta-feira (16), em Amambai, cidade a 351 quilômetros da Capital. Edilson Gonzales de Padre e Junior Joel Fernandes Vasquez, tinham 23 anos e eram moradores de Capitán Bado, distrito paraguaio que faz divisa com Coronel Sapucaia.

De acordo com a nota enviada à imprensa, os policiais estão a procura da mulher que teria sido vista na companhia dos assaltantes momentos antes de a dupla entrar na Toyota Hilux. As investigações apontam que ela teria fugido para a região da cidade brasileira de Ponta Porã.

Mais cedo, um vídeo gravado por câmera de segurança mostrou o o momento em que dois assaltantes entraram na caminhonete de um subtenente da reserva da Polícia Militar. Quando outras pessoas tentaram interferir para ajudar a vítima, eles saíram em alta velocidade e chegaram a arrastar uma mulher que tentava abrir a porta da Hilux.

O vídeo mostra que após obrigarem o PM a entrar na caminhonete, os dois homens também entram no veículo e começa a luta. Nas imagens é possível ver a Hilux balançando. Uma estudante passa na calçada e fica olhando. Depois, um homem se aproxima, tenta abrir a porta, mas é ameaçado e sai correndo.

Em seguida, outras pessoas que estavam em estabelecimentos comerciais próximos tentam abrir a caminhonete para ajudar o PM que estava sendo assaltado, mas os bandidos conseguem ligar a Hilux e saem em alta velocidade.

A tentativa de assalto ocorreu em frente a uma farmácia na Avenida Pedro Manvailler, centro da cidade localizada a menos de 40 km do território paraguaio. Mesmo lutando com os dois, o PM, de 52 anos, conseguiu sacar sua arma e disparou. Um morreu no banco do motorista e o outro no banco traseiro.

Com informações: Campograndenews

Receba Informações na Palma da Sua Mão