BrasilDestaque

VÍDEO: Senadora Simone Tebet detona General Pazuello na CPI da Covid

Durante sessão da CPI Covid desta quinta-feira (20), a Senadora Simone Tebet (MDB-MS), mais uma vez mostrou porque é considerada uma das melhores oradoras de toda história do Congresso Nacional ao usar seu tempo para interrogar o depoente General Eduardo Pazuello, ex-ministro da saúde do governo Jair Bolsonaro.

Após o discurso o nome da Senadora está entre os mais comentados nas redes sociais de todo o Brasil.

Simone não fez perguntas, mas suas palavras abalaram Pazuello. Ela iniciou falando “Não pedirei desculpas por minhas palavras” e fez apelo ao General para que ele “não assuma a responsabilidade que não lhe pertence“. O ex-ministro tentou interromper a fala da Senadora, que foi enfática: “Gostaria que o senhor não me interrompesse, que simplesmente me escute, pois aqui fala uma mãe, uma filha, uma brasileira que sofre e grita no lugar daqueles que não podem mais gritar“.

Alguns trechos da fala da Senadora que estão em destaque nas mídias:

“Esta comissão não precisa fazer acareação. Neste momento, está havendo acareação entre o senhor e as mais de 441 mil vidas perdidas prematuramente por omissão ou ação dolosa de quem quer que seja.”

“O habeas corpus que conseguiu não está sendo usado para ficar calado, mas sim para omitir ou até mentir aos senadores”

“Estamos em uma guerra civil não declarada. O Ministério da Saúde nos deixou em campo aberto, sem armas, porque não temos vacina. Com isso, vestimos uma camiseta com um alvo no peito ou no pulmão”. 

“Vossa senhoria não utilizou o melhor Plano de Imunizações do mundo, porque não havia vacinas e nem como aplicá-las. Não fizemos o dever de casa”

Um cientista político publicou em sua página pessoal no Facebook “Este discurso já entrou para a história do Brasil”.

Colaborou Marcelo Tabone

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios