DestaqueTrês Lagoas

Em reunião, Guerreiro fala sobre ações voltadas a diminuição de casos de COVID-19 e projetos futuros para pequenos e médios empresários

O prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, se reuniu nesta quinta-feira (17) em seu gabinete com representantes e líderes da sociedade civil organizada do comércio três-lagoense, para discutirem sobre os resultados das últimas ações e medidas para diminuir a proliferação do Coronavírus na Cidade.

Estavam presentes na reunião Sueide Torres, do Sindvarejo; Fernando Jurado, da Associação Comercial; Marcos Antônio Júnior, da ABRASEL; Eurídes Silveira Freitas, do Sindicato dos Empregados do Comércio de Três Lagoas, além da equipe da Prefeitura Municipal composta pelo diretor de Vigilância Sanitária, Christovan Bazan, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SEDECT), Toniel Fernandes e a assessora em Saúde, Katia Lira Adono, representando a secretária de Saúde, Elaine Fúrio.

Os representantes elogiaram a postura do prefeito Angelo Guerreiro perante as últimas decisões envolvendo a abertura do comércio três-lagoense e concordaram que o comércio não pode pagar pelas pessoas que estão se aglomerando em festas clandestinamente sem se importar com a vida do próximo.

“Vejo, em sua grande maioria, os empresários e comerciantes lutando para conseguirem manter seus negócios e, com isso, o emprego da nossa gente. Precisamos olhar para eles também. A união precisa vir do empresário e da população, cada um fazendo a sua parte para que empregos sejam mantidos e ninguém precise pagar por esta pandemia que tem destruído milhares de famílias”, disse Guerreiro.

PROJETOS FUTUROS – Além das ações e resultados voltados à pandemia, outros assuntos foram colocados em pauta, como a atualização dos Códigos de Obras, Postura e Tributária para ajudar o empresário três-lagoense; a criação de incubadoras no Município para estimular o crescimento de prestadores de serviço na Cidade; projetos que visam diminuir o trabalho clandestino de ambulantes, além de uma área destinada a pequenos empreendimentos industriais.

“Muito importante esse trabalho que a Prefeitura está desenvolvendo para valorizar o pequeno e médio empreendedor, pois eles geram grande parte dos empregos da Cidade. Se tiver os incentivos certos, conseguirá crescer levando a Cidade com ele e todos ganharemos com isso”, lembrou Marcos Antônio Júnior, da ABRASEL.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios