BrasilDestaquePolicial

BRASIL: Polícia prende suspeito de assassinar estudante da Unicamp com 28 facadas

Michael Douglas da Silva é suspeito de matar Mayara Roquetto Valentim, de 23 anos, no domingo (15). Ele foi levado para a Delegacia Seccional de São João na tarde desta quarta

A polícia prendeu nesta quarta-feira (18), em São João da Boa Vista (SP), o homem de 28 anos suspeito de assassinar com 28 facadas a estudante da Unicamp Mayara Roquetto Valentim, no domingo (15).

A prisão foi feita pela Polícia Civil e pelo Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) da Polícia Militar de Piracicaba (SP) nesta tarde. Ainda não há informações sobre como o suspeito foi encontrado. Ele estava escondido em meio a um matagal, na Serra da Paulista.

Michael Douglas da Silva, de 28 anos, é suspeito de tentar matar outra mulher, no sábado (14), e já há um mandado de prisão temporária contra ele, segundo o delegado Fabiano Antunes. Ele já tinha tentado matar o padrasto, segundo a polícia.

Silva era procurado desde segunda-feira (16). Cães farejadores, Guarda Municipal e 45 policiais civis e militares faziam as buscas. Ele foi levado para a Delegacia Seccional de São João da Boa Vista. O g1 tenta contato com a Polícia Civil.

O crime

Mayara, que era estudante do curso de Ciências Biológicas da Unicamp e tinha o sonho de ser professora, foi assassinada ao sair para caminhar no domingo. O corpo dela foi encontrado a cerca de 3,9 km do condomínio onde vivia.

De acordo com a PM, ela foi encontrada por uma amiga que ajudava nas buscas, na estrada da Serra da Paulista, em um local conhecido como ‘Vale dos Gnomos’. A vítima tinha 28 ferimentos de faca no braço, mão, tórax e cabeça.

A polícia informou que no sábado o suspeito teria apontado uma arma para a vizinha em uma pensão, mas os disparos falharam. Silva atraiu a vítima até o quarto e pediu para ela ajudar a puxar um armário.

“Assim que ela entrou, ele deu uma coronhada na cabeça dessa moça e efetuou dois disparos, mas a arma falhou. Eles entraram em luta corporal, ela pediu socorro e ele fugiu”, contou o delegado ao g1 na segunda (16).

Após a tentativa de homicídio, o suspeito fugiu para uma área de mata, na Serra da Paulista, onde teria encontrado Mayara e a matado.

Com informações: G1

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios