Mundo

Pombo-correio é vendido por mais de 10 milhões de reais

Chama-se New Kim e é agora o pombo fêmea mais caro do mundo, depois de ter sido vendido em leilão por um valor recorde de 1,6 milhões de euros. O pombo-correio, criado na Bélgica, foi comprado por um fã chinês de columbofilia.

A columbofilia, sublinhe-se, é a modalidade desportiva que consiste na competição de pombos-correio. Os pombos que competem nestas corridas são criados especialmente para este efeito. 

O leilão foi feito na casa de leilões Pipa (dedicada a pombos-correio de competição) e terminou este domingo, com dois compradores chineses a disputar entre si, subindo o valor a cada 280 mil euros, de acordo com a AP. Acabou por chegar aos 1,6 milhões, o que superou o anterior recorde em 350 mil euros.

O anterior detentor do recorde era Armando – considerado o ‘Lewis Hamilton’ dos pombos-correio – que tinha sido vendido por 1,25 milhões de euros, valor que também foi alcançado por causa da disputa gerada entre a elite de columbófilos chineses.

A tradição das competições de pombos está enraizada na Bélgica, mas também na Holanda e em França, e julgava-se em declínio, pelo menos, até o interesse asiático ter ‘ressuscitado’ o negócio.

Na cotação atual do Euro o valor pago pelo pombo-correio supera o valor de 10 milhões de reais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios