DestaqueRegião

Professor de 35 anos morre por complicações da COVID-19 em Castilho

O professor Josciel Moura, popular Tatuzinho, é a vítima fatal mais jovem em Castilho a morrer em decorrência da COVID-19. Ele faleceu na madrugada deste domingo, 14 de março, no hospital José Fortuna, na Ala Covid, após sofrer uma parada cardíaca. Esta é a 6ª morte na cidade por coronavírus só neste ano de um total de 19.

Segundo familiares, Tatuzinho estava internado desde quarta-feira,10, e teve uma piora no quadro de saúde durante a madrugada de sexta para sábado. Médico alertou a família sobre a situação crítica e que teria que transferi-lo urgente para uma UTI. Porém, não encontrou vaga em nenhum hospital da região.

Na sexta-feira ele havia passado por uma tomografia onde apontava que ao menos 50% do pulmão já estava comprometido e sentia muita dificuldades para respirar. Além de Josciel, o pai dele também estava internado pelo mesmo motivo, mas com um quadro mais estável.

A família ficou em choque ao receber a notícia da morte e toda cidade de Castilho também se comoveu, uma vez que Josciel era professor de artes na Rede Municipal de Ensino e tinha muitos alunos. Ele também já havia ministrado aulas no extinto PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

Uma das principais características de Tatuzinho era a alegria e um sorriso marcante que contagiava sempre os que estavam em sua volta. As redes sociais de Castilho estão repletas de homenagens e sempre com alguém compartilhando foto ao lado dele, mais uma demonstração de sua popularidade.

De acordo com o Decreto Municipal, não será possível a realização de velório. O sepultamento deve ocorrer ainda neste domingo.

Com informações: Urubupunganews

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios