Saúde

ESTADO: Uma única pessoa contaminou mais de 50 em cidade com surto de coronavírus

Hábitos regionais como a roda de tereré favorecem surtos que podem causar tragédias com covid-19 em MS (Jorge Adorno, Reprodução)

Após estudar e analisar a teia de contaminação da Covid-19, o novo coronavírus, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou nesta quinta-feira (14) que uma só pessoa contaminou outras 51 em Guia Lopes da Laguna, município distante 231 quilômetros de Campo Grande.

A cidade tem 52 casos confirmados, com o primeiro teste positivo em 5 de maio em um frigorífico, que fechou após a notificação. Em menos de 10 dias, se tornou a cidade de Mato Grosso do Sul com a maior incidência de casos. Segundo a SES, ‘muito provavelmente’ está entre as dez cidades brasileiras com incidência mais alta da doença.

72h após a primeira confirmação, a cidade já tinha 12 casos positivos, surto que preocupa a Secretaria estadual por conta da contaminação e de leitos, que seguem sob controle. O município faz parte da macrorregião de Campo Grande e casos graves serão encaminhados à Capital.

Risco na roda de tereré – O principal meio de contaminação, segundo o secretário da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Marcelo Gonçalves, foi o compartilhamento do mesmo copo e filtro de tereré com alguém que já estava infectado. “Agora não é mais só funcionário do frigorífico, pela investigação que nós fizemos aqui, a maioria dos funcionários que se contaminaram foi por meio do tereré”.

O secretário fez uma recomendação para as pessoas que desejam continuar tomando o tereré. “A minha recomendação é de que você realmente não utilize tereré com outras pessoas, é claro que isso é algo cultural nosso, mas tenha o seu tereré e não divida ele com outras pessoas nesse momento”.

Segundo ele, não há dúvidas de que a tradição cultural é uma fonte de contaminação na cidade. “Dá para ver que ainda vai crescer cada vez mais e infelizmente fugiu do controle”, lamentou.

Primeira cidade em lockdown em MS – Com o número crescente de casos, a cidade decretou lockdown no último dia 7, tornando-se a primeira cidade do Estado a decretar a medida de “fechamento geral”: as pessoas foram liberadas a saírem de casa 2 vezes por semana, conforme seu mês de nascimento, apenas para realizar serviços essenciais –definidos pela administração municipal.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios