DestaquePolicialRegião

ESTADO: Servente que agrediu e estuprou menina de 9 anos é absolvido

A absolvição de um servente de pereiro, de 23 anos, acusado de estuprar uma criança de 9 anos, foi mantida pela Justiça de Mato Grosso do Sul, sendo proferida a decisão do magistrado no dia 8 deste mês, em Diário da Justiça. O MPMS (Ministério Público Estadual) apelou da decisão que absolveu o pedreiro, mas teve o pedido negado mantendo a absolvição.

Na decisão foi alegado que a vítima não soube identificar com exatidão o denunciado, nem dizer com precisão o que ocorreu no dia do crime. Ainda segundo o magistrado, não havia, igualmente, testemunhas oculares do estupro o que acabou na absolvição do homem, que foi proferida em dezembro de 2020. 

O crime aconteceu em março de 2019, quando a criança dormia em um quarto da residência de amiga de sua genitora, quando, ao sentir uma barba arranhar seu corpo, acordou com o acusado de joelhos ao seu lado, tentando beijá-la.

Ela ainda tentou empurrar o homem e se levantar, mas o servente a segurou pelos braços, tampou sua boca, momento em que bateu a cabeça da criança no chão e lhe disse: “hoje você vai comigo”, colocando, em seguida, uma de suas mãos nas partes íntimas da menina. 

A vítima tentou gritar, momento em que outra criança que dormia no mesmo quarto, levantou-se e, ao tentar acender a luz, foi empurrada pelo acusado que fugiu. A menina, então, começou a gritar, “o homem me violentou”, “tentaram me violentar”, sendo atendida por três mulheres que estavam em um bar em frente à residência. Ao retornarem à residência, a vítima contou às testemunhas o que havia acontecido e, então, a Polícia Militar foi acionada.

Com informações: Midiamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios