DestaqueTrês Lagoas

Ex-moradora de rua, detenta em Três Lagoas se emociona ao ganhar concurso de redação

O Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas (EPFTL) promoveu o 1º Concurso de Redação nesta semana, organizado pelo Setor Psicossocial em conjunto com a direção do presídio.

A vencedora foi a detenta Valdirene dos Santos Barbosa, ex-moradora de rua na capital. Já a reeducanda e gestante Valquíria Aparecida de Souza conquistou o segundo lugar no concurso. Ela também teve a experiência de ser moradora de rua, inclusive tendo sido atendida pelo Centro POP.

Emocionada, Valquíria falou do sofrimento e humilhações sofridas pela população de rua e agradeceu o apoio e atenção que recebeu do Centro POP na época.

Acompanhe as últimas notícias – O terceiro lugar ficou com a interna Adrieli de Jesus Gonzaga. Ao todo, 10 internas foram classificadas e receberam brindes como premiação.

A ação também integrou as atividades do 6° Concurso de Redação pela Defensoria Pública da União (DPU), que este ano está abordando o tema “Entre o céu e o asfalto: onde está a dignidade da população em situação de rua?”. O resultado da disputa nacional está previsto para ser divulgado no dia 14 deste mês.

“Elas puderam relatar experiências de vidas, palavras que realmente saíram do coração”, relatou a diretora do EPFTL, Leonice Rocha Guarini.

De acordo com ela, ações como o concurso de redação são importantes no ambiente prisional, pois acrescentam práticas positivas à rotina das custodiadas, contribuindo diretamente no processo de ressocialização e para a não-reincidência no crime.

Para o desenvolvimento do tema abordado, a unidade prisional contou com o apoio do Centro de Referência Especializado para População de Rua (Centro POP) de Três Lagoas, que também participou da cerimônia de premiação da disputa no EPFTL.

Com informações: Correio do Estado

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios