DestaqueTrês Lagoas

Idosos com 90 anos de idade ou mais começam a ser imunizados contra a Covid-19 nesta quarta-feira (03) nas USF de Três Lagoas

Dando continuidade à Campanha de Imunização contra o Coronavírus, o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde (MS), com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, enviou mais 384 doses para Três Lagoas para dar início vacinação de idosos acima de 90 anos de idade ou mais a partir desta quarta-feira (03) e restante dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS).

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 80% dessas doses atendem 304 idosos acima de 90 anos ou mais com uma dose cada e, os 20% restantes, 80 profissionais do SUS que ainda não receberam a primeira dose. “Após a finalização da vacinação dos profissionais da Rede Pública de Saúde, daremos início à imunização de profissionais de laboratórios privados que realizam coleta e exame para detecção de coronavírus”, explicou a secretária da pasta, Elaine Furio.

VACINAÇÃO DE IDOSOS

Devido ao quantitativo de doses recebidas e respeitando o critério de maior idade será iniciada a campanha com idosos de 90 anos ou mais. As vacinas para os idosos desta faixa etária serão ofertadas nas Unidades de Saúde da Família (USF).

“Para receber a vacina o idoso deve realizar a atualização de dados cadastrais e Cartão SUS juntamente com o seu Agente Comunitário de Saúde [ACS] de referência ou, pessoalmente, na USF”, esclareceu a diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, Larissa Linard.

Após essa atualização, o idoso será agendado (data e horário) para recebimento da dose. “Aqueles que estão acamados e não têm condições de irem à USF, uma equipe volante da SMS se encaminhará até a casa do paciente para realizar a imunização”, disse Larissa. 

PROFISSIONAIS DOS LABORATÓRIOS

De acordo com o planejamento da SMS, com base no quantitativo de doses disponibilizadas pelo Governo Federal, por meio do MS e Governo do Estado, será finalizada a imunização com a primeira dose dos trabalhadores da saúde da rede SUS e, com isso, iniciado o atendimento da Rede Privada com vacinação dos profissionais dos laboratórios que colhem exames para diagnóstico de Covid-19.

CRONOGRAMA

Como o número de doses em face a demanda existente é pequeno, a SMS, de acordo com a orientação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e MS, está organizando para imunizar os grupos de maior risco de contágio ou aqueles que podem apresentar quadros graves da doença, como é o caso de idosos.

“A vacina está chegando aos poucos e, com isso, dificulta a organização a longo prazo. Por isso, pedimos o máximo de compreensão e colaboração da população, nós, da SMS, queremos vacinar o maior número de pessoas possível, mas dependemos do envio das doses para organização de cronograma e disponibilização das vacinas para outros grupos elencados como prioritários”, finalizou Elaine.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios