DestaqueTrês Lagoas

Capacitação de profissionais, orientação e atendimentos psicossociais encerram campanhas Janeiro Branco e Janeiro Roxo em Três Lagoas

Janeiro é o mês de conscientização e atenção à Hanseniase e Saúde Mental em todo o Brasil. Obedecendo ao calendário do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu as campanhas Janeiro Branco e Janeiro Roxo em Três Lagoas.

De forma a evitar aglomerações devido à pandemia do novo Coronavírus, as campanhas aconteceram de forma mais interna e com número menor de atendimentos.

JANEIRO ROXO -A campanha contra a hanseníase aconteceu internamente na Unidade de Saúde da Família “Nova Três Lagoas”. Conforme a coordenadora e enfermeira Andréia Lima, os servidores lotados nesta unidade passaram por capacitação sobre a doença, compreendendo a detecção, tratamento, patologias semelhantes e quebra de preconceito por parte dos que descobrem a hanseníase.

Além disso, um material explicativo foi distribuído à população por meio dos agentes comunitários de saúde, que explicaram sobre a hanseníase e a importância do diagnóstico precoce. A capacitação foi ministrada pelo professor Edirlei Machado da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

JANEIRO BRANCO – A Rede de Atendimento Psicossocial do Município promoveu o mutirão de psiquiatria e conscientização da população que frequenta os ambulatórios com distribuição de folders e abordando a necessidade de preservar a saúde mental.

A coordenadora do CAPS II, Patrícia Dellanel, foram realizados 220 atendimentos de demanda espontânea e acolhimento psicossocial por equipe interdisciplinar. Entre consultas de casos graves e severos, o setor de psiquiatria realizou 198 atendimentos. Para reforçar os cuidados com a saúde mental, diversos órgãos da Prefeitura foram decorados em alusão à campanha. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios